MOSTRA CINEMA CONQUISTA – Ano 13 / Um olhar para o novo cinema
04 a 09 de novembro de 2018
Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima / Praça. Pública (Bairro) / Escolas Municipais (Distritos)
Vitória da Conquista – Bahia

Filmes Curtas-Metragens

A RETIRADA PARA UM CORAÇÃO BRUTO, de Marco Antônio Pereira
MG, 2017, FICÇÃO, 14 min, Cor, HD

Sinopse: Ozório é um senhor que vive sozinho onde o Judas perdeu as botas, na zona rural de Cordisburgo-MG. Passa seus dias ouvindo rock no rádio, enquanto vive o luto da sua companheira. Até que um movimento no céu quebra sua solidão.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO:  Marco Antonio Pereira
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Ariane Rocha
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Marco Antonio Pereira
DIREÇÃO DE ARTE: Marco Antonio Pereira
TRILHA MUSICAL: Manoel do Norte
MONTAGEM: Marco Antonio Pereira
DESENHO DE SOM: Marco Antonio Pereira
EMPRESA PRODUTORA: Estúdio Marco

Elenco
Manoel do Norte, Geraldo Goulart, Wellington Junior, Geraldo dos Santos, Ivany da Silva

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  Livre

NÃO É SÓ ISSO, de Yasmin Rocha
BA, 2018, DOC, 25min, Cor, HD

Sinopse: “Não é só isso” é sobre Nahla, mulher transexual, militante e mais conhecida por mim, diretora, como amiga. O filme funciona como um espaço para ela dizer como se sente sobre existir e resistir.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E MONTAGEM: Yasmin Rocha
TRILHA MUSICAL: Daniel Xavier Bettecher

Elenco

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  Livre

EU, ELES, de Micael Aquillah
BA, 2018, DOC, 24min, Cor, HD

Sinopse: Em 2009, iniciei o projeto fotográfico “Arredores”. Eu tinha a intenção de documentar o cotidiano das comunidades do interior da Bahia. Ao revisitar as fotografias sentir um distanciamento entre mim e as pessoas que fotografei. Este filme é uma tentativa de mergulhar na experiência do reencontro com algumas dessas pessoas.  

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Micael Aquillah
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Micael Aquillah
ROTEIRO E ARGUMENTO: Suzy Almeida e Micael Aquillah
SOM DIRETO: Kauan Oliveira e Micael Aquillah
MONTAGEM E EDIÇÃO: Micael Aquillah

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:16  

ESTAMOS TODOS AQUI, de Chico Santos e Rafael Melim
SP, 2017, DOC, 19 min, Cor, Digital

Sinopse:: Rosa nunca foi Lucas. Expulsa de casa, ela precisa de um lar. Enquanto busca um lugar no mangue para construir seu barraco, o projeto de expansão da zona portuária avança em direção aos moradores da Favela da Prainha. O filme foi desenvolvido a partir de escrita colaborativa com moradoras da Favela da Prainha, às margens de gigantescas transações do Porto de Santos.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO: ​Chico​ ​Santos​,​ ​Rafael​ ​Mellim
PRODUÇÃO: André​ ​Gevaerd,​ ​Francisco​ ​Garcia
FOTOGRAFIA: Vinícius​ ​Andrade
MONTAGEM: Rafael​ ​Mellim,​ ​Chico​ ​Santos,​ ​Coletivo​ ​Bodoque
ARTE: Thiago​ ​Cervan
SOM: Julio​ ​Galassi

Elenco
Rosa Luz, Ana Souto, Miriam Galdino, Chico Santos, Rene Campos, Patrick de Aguiar, Chrisley de Aguiar, Christian Carlos de Aguiar, Christopher de Aguiar, Maria Gabriela Galdino, Bianca Nunes

Contato
Coletivo Bodoque / (11) 2640.4429 / contato@coletivobodoque.com.br
Tel Kinoosfera / (11) 5539-4631

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  12.

FEBRE, de João Marcos de Almeida e Sérgio Silva
SP, 2017, FICÇÃO, 23 min, Cor, Digital

Sinopse: Marcos volta pra casa depois de alguns anos fora. Nada nos é estrangeiro, pois tudo o é.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: João Marcos de Almeida Sergio Silva
EDIÇÃO: Cristian Chinen
CINEMATOGRAFIA: Bruno Risas
DESIGNER DE PRODUÇÃO: Luiza Conde

Elenco
Fabio Audi, Eduardo Gomes, Gilda Nomacce e Helena Ignez

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  12.

AMARILIS, de Chico Liberato
BA, 2016, ANIMAÇÃO, 10 min, Cor, Digital

Sinopse: AMARILIS é uma história de amor atual que focaliza a relação de um homem e uma mulher através de símbolos de encontro e desencontro. Harmonia e conflito. Ações compulsivas movidas pelo desentendimento e ação consciente movida pela experiência do sofrimento. O sentimento de que vale a pena recomeçar.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Chico Liberato
ROTEIRO: Alba Liberato
PRODUÇÃO EXECUTIVA: CandidaLuz Liberato
PRODUÇÃO: Liberato Produções Culturais
TRILHA SONORA: Joao Liberato

Elenco

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  12.

FILME-CATÁSTROFE, de Gustavo Vinagre
SP, 2017, FICÇÃO, 18 min, Cor, Digital

Sinopse: Angélica quer trocar sua fechadura.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO: Gustavo Vinagre
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Ângela Destro
PRODUÇÃO: Sara Silveira
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Wilssa Esser
MONTAGEM: Rodrigo Carneiro
DIREÇÃO DE ARTE: Diogo Hayashi
EDIÇÃO DE SOM: Miriam Biderman, Ricardo Reis

Elenco
Gilda Nomacce, Julia Katharine, Majeca Angelucci

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  Livre

LANDSCAPE, de Luiz Rosemberg Filho
RJ, 2017, FICÇÃO, 16 min, Cor,Digital

Sinopse: Ignoramos com o passar dos tempos as tantas deformações que nos são impostas da educação à política, passando pelos afetos vividos. Alguém lá de longe disse: “O artista está sempre certo, mesmo quando está errado”. Será? É crescente no mundo a desvalorização do humano, com a vida tornando-se vazia de sentido.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO: Luiz Rosemberg Filho
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Cavi Borges
PRODUÇÃO: André​ ​Gevaerd,​ ​Francisco​ ​Garcia
FOTOGRAFIA: André Scucato, Tito Rosemberg
MONTAGEM: Caio Laneo, Renato Coelho
DIREÇÃO DE ARTE: Ludmila Daher, Stefani Raquel
SOM: Caio Lazaneo

Elenco
Tito Rosemberg, Priscyla Bettim e Jennifer Glass

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  18.

OUTRAS, de Ana Julia Travia
SP, 2017, DOC, 22 min, Cor, Digital

Sinopse:
“Mãe, refresco nos olhos do outro é pimenta. Olho e vejo uma mulher miúda e estreita. Gostaria de te alargar os caminhos”. A mãe responde. Relatos e diários de mães e filhas, algumas vivências se parecem, outras são excluídas. Como se entender mulher e negra numa cidade como São Paulo? Como me moldaram ou como posso me libertar desses moldes? Quem sou eu dentro de minha geração? Direção de estreia de Ana Julia Travia, Outras apresenta diversas mulheres e as relaciona como vivências complementares e dissonantes. Seria importante saber quem são as “Outras”? “Não importa o quanto somos ou queremos ser bons, Mais do que resistir, eu preciso existir e ninguém existe sozinho”.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Ana Julia Travia
ROTEIRO: Mariana Vieira
DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Daniel Cabrel e Fernando Esposito
MONTAGEM: Ana Julia Travia e Piera Portasio
FOTOGRAFIA: Adriana Serafim, Gabrielle Serafim, Giulia Martini, Isadora Maldonado
SOM DIRETO: Mariana Vieira, Mariane Nunes, Natalia Caseu, Raisa Queiroz
EDIÇÃO DE SOM: Anabela Kutner

Elenco
Edna Travia, Ana Cristina Vieira, Márcia Hipólito, Teresa Travia, Mariane Nunes, Andreza Delgado.

Contato
Ana Julia / (11) 996103990 / anaju.travia@gmail.com

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  14.

PRÓXIMA PARADA: SUÍÇA, de Kauan Oliveira
BA, 2018, DOC, 10min, Cor, Digital

Sinopse: Cachorros abandonados, pessoas diferentes, um cobrador que vive as idas e vindas na cidade, uma dupla conversando em língua de sinais: Esses são os personagens em mais uma semana em Vitória da Conquista, convidando o espectador a observar cotidianos diversos da “Suíça Baiana”, tendo como um ponto em comum o meio de transporte.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E MONTAGEM: Kauan Oliveira
PRODUÇÃO: Lara Matos, Nicole Bittencourt e Rodrigo Rocha
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Alice Barbosa e Kauan Oliveira
IMAGENS DO “CINE EM CENA”: Bruno Grigati
SOM DIRETO: Lara Matos e Nicole Bittencourt

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

SEM TÍTULO#4: APESAR DOS PESARES, NA CHUVA HÁ DE CANTARES, de Carlos Adriano
SP, 2018, FICÇÃO, 28min, Cor/P&B, Digital

Sinopse: Choves; mas ainda assim, canta.

Ficha Técnica
DIREÇÃO, ROTEIRO, PRODUÇÃO, TRILHA SONORA, EDIÇÃO DE MÚSICA E DE SOM,
MONTAGEM: Carlos Adriano

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

AULAS QUE MATEI, de Amanda Devulsky e Pedro B. Garcia
DF, 2018, FICÇÃO, 24 min, Cor, Digital

Sinopse: Mais um dia de aula. Nem todos conseguem chegar.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO: Amanda Devulsky, Pedro B. Garcia:
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Lorena Figueiredo
PRODUÇÃO: Camila Shinoda
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA E OPERAÇÃO DE CÂMERA: Emília Silberstein
DESENHO DE SOM: Camila Machado
MONTAGEM: Bruno Ribeiro
ARTE: Marcus Takatsuka
APOIO FINANCEIRO: FAC – Fundo de Apoio à Cultura DF

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  12.

DIAMANTE DE POÇÕES, de Isac Flores
BA, 2018, DOC, 20min, Cor, Digital

Sinopse: Diamante de Poções lança um olhar sobre Danga Batista, um extravagante cantor de música romântica da cidade de Poções, localizada na região Sudoeste da Bahia. Com seus 57 anos, o artista apresenta seu cotidiano e resgata memórias da sua carreira artística e pessoal, (re)significando as  suas vivências através de sua arte.

Ficha Técnica
DIRETOR E PRODUTOR: Isac Flores
FOTOGRAFIA: Filipe Sobral
SOM: Daniel Guerreiro
EDIÇÃO E MONTAGEM: Daniel Leite Almeida
FINALIZAÇÃO: Kauân Oliveira

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

TRAVESSIA, de Safira Moreira
RJ, 2017, DOC, 5 min, Cor, Digital

Sinopse: Utilizando uma linguagem poética, Travessia parte da busca pela memória fotográfica das famílias negras e assume uma postura crítica e afirmativa diante da quase ausência e da estigmatização da representação do negro.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO: Safira Moreira
PRODUÇÃO: Safira Moreira
FOTOGRAFIA: Caíque Mello
SOM: Safira Moreira
MONTAGEM: Safira Moreira

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  12.

MINI MISS, de Rachel Daisy Ellis
PE, 2018, DOC, 16 min, Cor, Digital

Sinopse: Filmado inteiramente da perspectiva de uma criança de quatro anos, MINI MISS acompanha cinco meninas entre 3 e 5 anos que participam do concurso de beleza Mini Miss Baby Brasil. O filme oferece uma visão única sobre a primeira infância, mostrando a capacidade nata de resistência das crianças num mundo dominado por normas e desejos de adultos.

Ficha Técnica
DIRETORA: Rachel Daisy Ellis
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Desvia
PRODUÇÃO: Rachel Daisy Ellis & Gabriel Mascaro
FOTOGRAFIA: Pedro Urano
EDIÇÃO: Rachel Daisy Ellis, Pedro Melo & Eva Randolph
SOM: Victoria Franzan & Mauricio d’Orey

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

MESMO COM TANTA AGONIA, de Alice Andrade Drummond
SP, 2018, FICÇÃO, 20 min, Cor, Digital

Sinopse:É aniversário da filha de Maria. No trajeto do trabalho para a festa, ela fica presa no trem, em função de uma pessoa caída acidentalmente sob os trilhos.

Ficha Técnica
ROTEIRO: Alice Andrade Drummond, Matheus Rufino
PRODUTORES: João Pedro Bim, Patrícia Heit

Elenco
Julia Inhota, Maria Leite, Preta Ferreira, Rillary Rihanna Guedes, Rogério Bandeira

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 10

CONTE ISSO ÀQUELES QUE DIZEM QUE FOMOS DERROTADOS, de Aiano Bemfica, Pedro Maia, Camila Bastos, Cristiano Araújo
MG/PE, 2018, DOC, 23 min, Cor, Digital

Sinopse: A noite é tempo de luta (ou há um novo lugar possível sendo avistado no horizonte).

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito.
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito
ROTEIRISTA: Pedro Maia de Brito
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Aiano Bemfica e Rick Mello
MONTAGEM: Bersa Mendes e Pedro Maia Brito
EMPRESA PRODUTORA: MLB/ Miúdo Cinematográfico

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

O BAÚ DO ZUZU, de Raul Ribeiro
BA, 2018, DOC, 17min, Cor, Digital

Sinopse: Uma busca pelas histórias dos cinemas de Brumado – BA.

Ficha técnica
DIREÇÃO, PRODUÇÃO, ROTEIRO, NARRAÇÃO, CÂMERA, SONOPLASTIA, MONTAGEM E FINALIZAÇÃO – Raul Ribeiro
ASSISTÊNCIA DE PRODUÇÃO – José Eunápio dos Santos e Eliene Ribeiro  

Elenco

Contato
(77) 99155-9417 / raulribeiroms@gmail.com

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 12.

GUAXUMA, de Nara Normande
FRA/B, 2018, ANIMAÇÃO, 14 min, Cor, Digital

Sinopse: Eu e a Tayra crescemos juntas na praia de Guaxuma. A gente era inseparável. O sopro do mar me traz boas lembranças.

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO: Nara Normande
EMPRESA PRODUTORA: Vilarejo Filmes e Les Valseurs
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Livia de Melo, Damien Megherby e Justin Pechberty
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Pedro Sotero, Maíra Iabrudi
DIREÇÃO DE ARTE: Nara Normande
TRILHA MUSICAL, TRILHA SONORA ORIGINAL E DESENHO DE SOM: Normand Roger
MONTAGEM: Eduardo Serrano

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

 

NASCIDA PARA MATAR, de Lorena Weinketz, Rogério Henrique Gonçalves
SP, 2018, FICÇÃO, 5 min, Cor, Digital

Sinopse:Um homem solitário na escuridão vê uma mulher se aproximar. Ela tenta convencê-lo a atirar e matar uma pessoa misteriosa. Essa pessoa desconhecida está na verdade, reivindicando uma liberdade.

Ficha Técnica
PRODUÇÃO: Isabella Gebara, Roberto Simão
ROTEIRO: Roberto Simão
EDIÇÃO: Igor Giestas, Marcos Alencar
SOM DIRETO: André Moreira, Filipe Travanca
DIREÇÃO DE ARTE: Inês Castro, Paola Quintana
EDIÇÃO DE SOM: André Moreira, Filipe Travanca
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Ana Clara Silva, Maylon Romes
DIREÇÃO DE SOM: André Moreira, Filipe Travanca
EMPRESA PRODUTORA: CTR – ECA

Elenco
Jorge Guerreiro, Larissa Nunes

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

O MALABARISTA, de Yuri Moreno
GO, ANIMAÇÃO, 10′ 55’’ min, Cor, Digital

Sinopse: Documentário em animação sobre o cotidiano dos malabaristas de rua, que colorem a rotina monótona das grandes cidades.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Iuri Moreno
PRODUÇÃO: Lara Morena
ROTEIRO: Iuri Moreno
DIREÇÃO DE ARTE: Wesley Rodrigues
ANIMAÇÃO: Wesley Rodrigues
SOM: Thiago Camargo e Guilherme Nogueira
MÚSICA: Dênio de Paula

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

22 – O CONSERTADOR DAS COISAS MIÚDAS, de Marcos Buccini, PE, 2017, ANIMAÇÃO, 10′ 35” min, Cor, Digital

Sinopse: Sem saber o ano ou lugar onde vive, um homem passa os dias e as noites tentando consertar pequenos mecanismos depositados em centenas de prateleiras que formam as paredes do quarto minúsculo onde mora. Acredita ser impossível não ter conserto para algo que um dia já funcionou. Ele não tem pressa.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Marcos Buccini
PRODUÇÃO: Christiane Quaresma, Rayana França e Marcos Buccini
ROTEIRO: João Lin Baseado na história em quadrinhos ‘O Consertador de Coisas miúdas’ de João Lin, publicada na revista Ragu número 3
DIREÇÃO DE ARTE: João Lin
ANIMAÇÃO: Rayana França, Virginia dos Anjos, Elber Silva, Homero Barbosa, Artur Vilela, Rafael Medeiros, Karina Monteiro, Riccard Bruno, Andelweyss Carlos, Marcos Buccini, Andre Aroxa e Romildo Valença
SOM: Carlinhos Borges e Kiko Santana
MÚSICA: Neilton Carvalho

Elenco
Nenhum

Contato
marcosbuccini@gmail.com

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

ADEUS, de Marília Feldhues
PE, 2018, ANIMAÇÃO, 11’57” min, Cor, Digital

Sinopse: “Adeus” conta a história de Teo, um garoto de 7 anos, aprendendo a lidar com a morte recente de sua mãe. O menino aprende que precisa deixar sua mãe partir verdadeiramente para que a vida siga seu curso. Isso é mostrado usando a metáfora de uma pipa partida e o apego de querer tê-la de volta.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Marília Feldhues
PRODUÇÃO: Ulisses Brandão
ROTEIRO: Marília Feldhues
DIREÇÃO DE ARTE: Alisson Ricardo
ANIMAÇÃO: Marcos França
SOM: Felipe Andrade
MÚSICA: Felipe Andrade

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

METAMORFOSE, de Jane Carmen Oliveira
MG, 2017,  ANIMAÇÃO, 5 min, Cor, Digital

Sinopse: Em busca de aceitação e felicidade, uma menina se espelha nas pessoas ao seu redor

Ficha Técnica
DIREÇÃO E ROTEIRO:Jane Carmen Oliveira
DIREÇÃO DE ARTE: Rayanne Vieira
STORYBOARD: Gabriel D’Angelo Louzada, Jane Carmen Oliveira, Nathalia Coimbra Ibraim
DESIGN DE PERSONAGENS: Bruno Medeiros. Gabriel D’Angelo Louzada, Jane Carmen Oliveira, Nathalia Coimbra Ibraim
DESIGN DE PROPS: Nathalia Coimbra Ibraim
ANIMAÇÃO: Gabriel D’Angelo Louzada, Jane Carmen Oliveira, Luiz Prado, Nathalia Coimbra Ibraim
ILUSTRAÇÃO: Isadora Zeferino
DESIGN SONORO: Bruno Medeiros
SONORIZAÇÃO E MIXAGEM: Bruno Medeiros
MÚSICA: Bruno Medeiros

Elenco
VOZES: Estênio Elegran, Michell Sarantides, Stephany Costa, Paula Amorim, Paula Piretti

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

SOLO SECO E RACHADO, de Daniel Leite Almeida
BA, 2018, DOC, 12min, Cor, Digital

Sinopse: A quem pertence o corpo que habito? “Solo Seco e Rachado” parte dessa questão para apresentar histórias de sujeitos que vivenciam experiências de vida que se cruzam na construção subjetiva de suas identidades. Sujeitos sem rostos definidos que ao revisitarem acontecimentos do passado se fortalecem no que são e se revelam em suas cicatrizes.

Ficha Técnica
DIRETOR, FOTÓGRAFO E EDITOR: Daniel Leite Almeida
DIRETORA, DIRETORA DE ARTE, ROTEIRISTA: Shirley Ferreira
DIRETOR, ROTEIRISTA, ATOR/PERFORMER: Ricardo Fraga
TRILHA SONORA: Balaio

Elenco
Shirley Ferreira

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  16.

LIBERDADE, de Pedro Nishi e Vinícius Silva
SP, 2018, DOC, 25min, Cor, Digital

Sinopse: Abou é um artista guineense que vive com outros imigrantes africanos em uma pensão no bairro da Liberdade em São Paulo. Entre eles, vive Satsuke, uma mulher japonesa misteriosa que parece estar na casa a muitas décadas. Sow, um jovem guineense, está tentando chegar na casa para começar uma vida no Brasil, mas fica preso na imigração no aeroporto. Vidas estrangeiras habitam o bairro da Liberdade, um lugar de passado sombrio.

Ficha Técnica
ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Francisco Miguez
PRODUÇÃO: João Pedro Bim
ASSISTENTE DE PRODUÇÃO: Bia Hong
ROTEIRO: Pedro Nishi e Vinícius Silva
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Lucas Silva Campos
OPERAÇÃO DE SOM: Rafael Leite
TRILHA SONORA: Aboubacar Sidibe
MIXAGEM: Ricardo Zollner
MONTAGEM: Mariana Moraes e Victor Miaciro

Elenco
Cristina Sano, Aboubacar Sidibe e Mamadou Yaya Sow

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

DESERTOS VERDES: plantações de eucalipto, agrotóxicos e água, de Marcelo Lopes e Ivonete Gonçalves
BA, 2017, DOC, 23 min., Cor, Digital

Sinopse: O filme faz um histórico e uma avaliação sobre a presença maciça das plantações de eucalipto no extremo sul da Bahia e regiões adjacentes.  É um registro dos imensos impactos que estas causam nos recursos naturais do país, sobretudo na água, além do sistemático envenenamento dos solos e das populações tradicionais, especialmente as indígenas, quilombolas e rurais. Substâncias químicas sem limites de propagação, levadas a grandes distâncias pelo ar e pela água, contaminando todos os seres vivos que alcançam, indiscriminadamente.

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Marcelo Lopes e Ivonete Gonçalves de Souza
PRODUÇÃO: Fabio Nascimento, Ingrid Fadnes, Marcelo Lopes, Ivonete Gonçalves de Souza, Winnie Overbeek
ROTEIRO: Marcelo Lopes, Ivonete Gonçalves de Souza, Winnie Overbeek
CÂMERA: Fabio Nascimento, Ingrid Fadnes, Marcelo Lopes, Galdin Valetim, Orion Langelle, Rogério Lage, Itamar Silva
EDIÇÃO: Marcelo Lopes
REALIZAÇÃO: Centro de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento do Extremo Sul da Bahia – CEPEDES

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

OS INCOMODADOS, de Raphael Siqueira
PR, 2018, DOC/FIC, 13min, Cor, Digital

Sinopse: No filme de um ano do grêmio estudantil, os jovens levantam temas do seu cotidiano como o bulliyng, cuidado com o patrimônio, participação dos pais na vida do jovem, mobilização social e demais outros assuntos que são apenas a ponta do iceberg do protagonismo juvenil. O Doc-fic “Os Incomodados” é resultado da nona edição do projeto socioeducacional “Curta na Educar”, uma parceria entre Videobase Filmes e Fundação Educar Paschoal e convida o espectador a mudar o mundo!

Ficha Técnica
DIREÇÃO: Raphael Siqueira
ASSIST. DIREÇÃO: Deoveki Silva
ROTEIRO: Deoveki Silva e Fundação Educar
FOTOGRAFIA: Marcelo Murbach
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Marcio Takata
PRODUÇÃO: Nivaldo Cavalari
EMPRESA PRODUTORA: Videobase Filmes

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  L.

PLANO CONTROLE, de Juliana Antunes
MG, 2018, Ficção, 16 min, Cor, Digital

Sinopse: Marcela quer conhecer o mundo, mas o serviço de teletransporte oferecido por sua operadora tem dados limitados.

Ficha Técnica
ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Giselle Ferreira
PRODUTORA: Ventura
PRODUÇÃO EXECUTIVA: Marcella Jacques e Camila Bahia Braga
ROTEIRO: Juliana Antunes
DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA E OPERAÇÃO DE CÂMERA: Alice Andrade Drummond
ASSISTENTE DE CÂMERA: Matheus Rufino
OPERAÇÃO DE SOM: Vitor Brandão e Julio Cruz
MIXAGEM: Cinecolor
MONTAGEM: Gabriel Martins e Luisa Lana

Elenco
Marcela Santos, Uirá dos Reis, Katia Aracelle e Christian Bravo

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:  12